Anvisa proíbe gordura trans em produtos industrializados a partir de 2021

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) decidiu proibir o uso das gorduras trans industriais em alimentos até 2023. O processo vai começar em 2021. Também conhecida como gordura vegetal hidrogenada, a gordura trans geralmente está presente nos alimentos industrializados e em frituras. É usada para dar textura e aumentar o prazo de validade dos alimentos. Quando você compra um pão de forma no mercado e um pão francês na padaria, por exemplo, o pão de forma com certeza durará mais. Isso porque ele tem uma quantidade grande de gordura trans.

Na indústria alimentícia, a gordura trans também auxilia na consistência dos alimentos, reduz custos de preparo e não precisa de um ambiente específico para ser armazenada. No nosso organismo, este tipo de gordura, quando consumida em excesso, aumenta o colesterol ruim (LDL) e diminui o colesterol bom (HDL), podendo causar problemas de saúde como o infarto ou AVE (acidente vascular encefálico).

Mais do que evitar certos alimentos, como sorvete industrializado e batata frita, deve-se prestar atenção em como o alimento foi preparado, pois a gordura animal pode ser transformada em trans quando exposta a altas temperaturas, como frituras e torras. Quando o óleo de cozinha, a manteiga ou até o azeite são aquecidos, por exemplo, eles viram gordura trans, uns em maior e outros em menor quantidade. A dica é sempre ler o rótulo, ver os ingredientes e o modo como o alimento foi preparado, mesmo quando a embalagem diz “zero gordura trans”.

QUAIS ALIMENTOS SÃO RICOS EM GORDURAS TRANS?

Doces e salgados industrializados em geral como:

• Sorvetes industrializados
• Batata congelada pré-frita
• Hambúrguer industrializado
• Salgadinhos
• Donuts e tortas industrializados
• Bolos industrializados
• Biscoitos recheados e/ou amanteigados
• Margarinas sólidas ou cremosas e cremes vegetais
• Pipoca de micro-ondas
• Macarrão instantâneo
• Comidas congeladas
• Pizzas e massas congeladas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.