CUIDADO AS PROMESSAS DE EMAGRECIMENTO RÁPIDO

Amplamente disseminada entre jovens e adultos, a nova moda para emagrecer é uma dieta conhecida como ração humana-uma mistura feita com vários alimentos, entre eles cereais integrais.

Especialistas em nutrição advertem, porém, que, apesar de promover o emagrecimento a curto prazo, a ração não deve substituir refeições nem ser usada como método para perder peso com saúde.

O mesmo vale para produtos como shakes e sopas em pó, também muito consumidos como substitutos de refeições.

“Todas as dietas da moda têm o mesmo objetivo. Elas até fazem a pessoa emagrecer mais rápido, mas ninguém consegue mantê-las por muito tempo. Muitos desistem no meio e voltam a ganhar peso. Além disso, em médio prazo, a pessoa pode ter problemas por causa do déficit nutricional”, diz Daniel Magnoni, nutrólogo e cardiologista do Hospital do Coração.

Magnoni acrescenta, ainda, que, apesar de normalmente ser ingerida com um complemento (como iogurte, sucos, frutas ou leite), ela é pobre em proteína. “A pessoa emagrece porque a ração tem pouco sódio e pouco carboidrato, mas ela nunca deve substituir uma refeição saudável e equilibrada.”

Segundo o nutrólogo Durval Ribas Filho, presidente da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia), de tempos em tempos surgem dietas populares que prometem “fazer milagres” na perda de peso.

“Todo mundo quer encontrar a dieta, a cirurgia e a atividade física mágicas. Mas não é fácil perder peso com saúde. Só consegue emagrecer e continuar magro quem muda hábitos alimentares e pratica exercícios físicos”, diz Ribas Filho.

Outros exemplos de dietas problemáticas são sopas e shakes. “Os shakes podem ter mais proteínas dependendo da marca. Só que não são nutricionalmente completos. Alguns têm poucas fibras, outros pouca proteína. Ao longo do tempo, as pessoas sofrem com o “efeito sanfona” [engorda e emagrece]”, diz Magnoni.

Sopas em pó, vendidas em embalagens individuais, também não servem como refeição. “São ricas em sódio e pobres em proteínas, o que pode provocar danos à saúde, e não saciam. O resultado é o mesmo das outras dietas promissoras”, afirma ele.

“Quem quer emagrecer com saúde deve investir em um processo de reeducação alimentar. E, para isso, essas dietas não funcionam”, conclui.

——————————————————————————

Fonte: Mariana Del Bosco, nutricionista da Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu