DOR NA LOMBAR 1

A dor na coluna lombar, ou lombalgia, é uma ocorrência muito comum e pode ocasionar transtornos para as pessoas e gerar incapacidade para o trabalho. Os estudos mostram que cerca de 80% dos indivíduos terão, no mínimo, um episódio de lombalgia em suas vidas. A coluna é uma espécie de “conjunto de ossos empilhados” – as vértebras – presos entre si por estruturas fibrosas resistentes – os ligamentos – e, externamente, um conjunto de músculos que comandam a sua mobilidade e posicionamento para a sustentação do corpo. Por um buraco entre as vértebras passa a medula vinda do cérebro emitindo “raízes” dos nervos pelas laterais, responsáveis pela condução dos sinais de movimento para os músculos e trazendo as sensações de dor, calor, tato, etc., da periferia em direção ao cérebro. A coluna é, portanto, uma estrutura muito sensível e a lesão a qualquer um dos seus componentes pode provocar dor. Muitas podem ser as causas da lombalgia, desde contraturas musculares provocadas por tensão emocional, má postura, movimentos bruscos ou esforço excessivo, até o deslocamento do disco vertebral (hérnia) ou fraturas por osteoporose.  A prevenção da lombalgia está baseada na manutenção de atividade física, lembrando sempre do alongamento muscular, e o cuidado com o peso excessivo e com a postura ao sentar, procurando manter a coluna reta e recostada na cadeira. Quem permanece por longos períodos na posição sentada, precisa mudar a posição, caminhar ou fazer alongamento muscular periodicamente.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu