ORIENTAÇÃO NUTRICIONAL PARA CONTROLE DE COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS

  • Vegetais: São alimentos muito importantes, pois contém fibras. Prefira os vegetais crus. Ex.: tomate, alface, repolho, pimentão, couve-flor, brócolis e cenoura.
  • Aumente o consumo de alimentos ricos em fibras como: feijão, lentilha, frutas com casca e/ou bagaço, vegetais crus, farelo de trigo, aveia. As fibras ajudam a diminuir os níveis de colesterol e glicose, auxiliam no trânsito intestinal, além de aumentar a saciedade.
  • Frutas: Também contêm fibras. Prefira as frutas frescas com casca. No preparo de suco de fruta, não coe. Evitar: abacate e coco.
  • Leite e derivados: Prefira os leites e iogurtes desnatados. Os queijos devem ser magros (ricota/minas). Quanto mais amarelo for o queijo, mais gordura contém. Evite creme de leite, molho branco e nata.
  • Ovos: Evite preparações que contenham a gema do ovo, a clara do ovo pode ser consumida. Os ovos podem ser consumidos eventualmente.
  • Carnes: Prefira peixes e aves sem pele ao invés da carne bovina. Retire a gordura visível das carnes antes e depois de cozinhá-las. Evite o consumo de vísceras (fígado, rins, miúdos, coração, mondongo) e alguns frutos do mar (camarão, lula, lagosta, mariscos e caranguejo).
  • Gorduras: Utilize o mínimo de óleo possível no preparo dos alimentos. Substitua as gorduras de origem animal (banha, creme de leite, manteiga, maionese, coalhada) pelas de origem vegetal (azeite de oliva, óleo de canola, girassol, milho e soja). Prepare os alimentos assados, cozidos, refogadas ou grelhados, ao invés de fritos.
  • Açúcar: Evite o consumo de doces. Substitua o açúcar por adoçantes (stévia).
  • Prefira os alimentos light ou diet (consumir com moderação).
  • Utilize o mínimo de sal possível no preparo dos alimentos. Prefira temperos naturais como: alho, cebola, pimentão, orégano, alecrim, louro, sálvia, manjerona.
  • Pães e biscoitos: Devem ser consumidos com moderação. Os pães e biscoitos integrais ou light são mais saudáveis.
  • Evite: salsicha, mortadela, salame, bacon, toucinho, torresmo, banha de porco, caldo de carne ou galinha, murcilha, salsichão, salgadinhos (coxinha, risoles, pastéis, croquetes, quibes), carne de porco e seus derivados, doces de padaria, bolos, tortas, sonhos, bolinhos fritos e bebidas alcoólicas.
  • Mantenha o peso corporal o mais próximo possível do ideal.
  • Diminua o volume das refeições e aumente o fracionamento, realize no mínimo 4 refeições diárias.
  • Faça uma atividade física regular, principalmente exercícios aeróbicos, pois aumentam os níveis de HDL e diminuem o LDL, sempre com orientação.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu